Agência UEL

A UEL ganha a partir deste mês mais um cursos de mestrado, a partir do início das atividades do programa de Ciências Farmacêuticas. Coordenado pelo Professor Nilton Syogo Atakawa, o novo mestrado vai se iniciar com seis estudantes aprovados no primeiro processo de seleção. A cerimônia que marca o início das atividades será no próximo dia 18 de abril, a partir das 14 horas, no anfiteatro do Centro de Ciências da Saúde (CCS), no Hospital Universitário (HU).

A pós-graduação Strictu sensu em Ciências Farmacêuticas da UEL vai se dividir em duas linhas de pesquisa. A primeira é a de Desenvolvimento e qualidade de produtos e serviços farmacêuticos. Esta contempla os campos de estudos de novas tecnologias farmacêuticas e Farmacoepidemiologia, ciência que estuda o uso e eficácia de medicamentos na busca de melhorias. Nela, os mestrandos serão qualificados para prestar assistência como o atendimento em drogarias e hospitais.

A segunda linha é a de Bioprospecção, produção e avaliação biológica de moléculas de interesse farmacêutico. Nela os estudantes vão buscar novas substâncias, sintetizá-las e realizar testes em antioxidantes, antiinflamatórios e remédios cardíacos a fim de conseguir melhoramentos e descobertas de novos medicamentos.

O planejamento para o programa teve início em 2014, quando professores e pesquisadores submeteram o projeto do cursos à Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES). O programa foi aprovado em julho do ano passado e começa as primeiras atividades com 18 professores e pesquisadores. Com mais este programa, a UEL passa a contabilizar 46 mestrados, 22 doutorados e 104 especializações, além de 73 residências.


É autorizada a livre circulação dos conteúdos desta página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso,
desde que citada a fonte.

As Sinopses apresentadas têm como referência as edições digitais dos jornais citados disponíveis no dia. 

Anúncios