Os rins são um dos órgãos vitais do corpo e sua missão é eliminar as toxinas organismo através da urina.

Fazendo isso, eles regulam os níveis de minerais, como cálcio e fosfato.

Além do mais, podem regular a pressão sanguínea enquanto produzem hormônios essenciais, que são indispensáveis para o bom funcionamento do organismo.

Os rins também ajudam na formação de células vermelhas do sangue, que são responsáveis pelo transporte de oxigênio e nutrientes através do corpo.

Quando os rins estão doentes, podemos detectar sintomas, como vômito, mau hálito, mudança da cor da urina, tonturas, comichão na pele, problemas respiratórios, dor súbita, anemia, fadiga ou cansaço e sensação de frio o tempo inteiro.

Se você notar algum desses sinais de alerta, é bom procurar seu médico.

Mas o que causa a destruição da função renal?

São vários fatores.

Os mais comuns são:

1. Consumir pouca água

A falta de água no organismo pode levar a uma lesão renal significativa.

O sangue fica tão concentrado que o fluxo para os rins é reduzido.

Dessa forma, a capacidade dos rins de eliminar as toxinas do corpo é impedida, causando muitos problemas de saúde.

A quantidade recomendada de água por dia é de pelo menos  2 litros, no caso de uma pessoa adulta.

No entanto, certifique-se de não exagerar, pois o excesso de água pode dificultar a função renal.

E é importante também consumir uma água de boa qualidade.

Substâncias como cloro e flúor em excesso, por exemplo, são bastante prejudiciais.

2.  Segurar o xixi

Esta é uma das causas mais comuns de danos aos rins.

Segurar a urina por muito tempo acaba acumulando bactérias na bexiga.

Essas bactérias nocivas causam infecções no sistema urinário. Além disso, manter a urina na bexiga, causa pressão nos rins e leva à insuficiência renal.

3. Fumar

O cigarro é muito prejudicial e todo mundo sabe disso.

Ele danifica todos os órgãos do corpo, incluindo os rins.

Vários estudos têm encontrado uma ligação entre tabagismo e doença renal, e de acordo com a Associação Americana de Pacientes Renais (AAKP), o tabagismo é a principal causa de insuficiência renal terminal (doença renal em estágio final).

Esse mau hábito aumenta a pressão arterial e a frequência cardíaca, reduzindo  o fluxo de sangue nos vasos sanguíneos dos rins.

4. Consumir muita proteína

O consumo de quantidades excessivas de alimentos à base de proteínas, como a carne vermelha, aumenta o risco de doença renal.

Portanto, você deve limitar a ingestão de proteínas e, no caso de problemas renais, verificar com seu médico qual deve ser o percentual do consumo delas em sua dieta, a fim de evitar complicações posteriores.

5. Ingerir sal em exceso

O uso regular de quantidades elevadas de sal danifica os rins e causa diversos problemas de saúde.

Este órgão metaboliza até 95% do sódio consumido através dos alimentos.

No caso de quantidades excessivas de sal, os rins precisam trabalhar muito mais para eliminá-lo, diminuindo sua  função e aumentando a pressão sanguínea.

6. Dormir pouco

Muita gente ignora a importância do descanso.

No entanto, uma boa noite de sono de 7 a 8 horas é essencial para o corpo.

Os tecidos dos órgãos se renovam durante esse período. Se isso não acontece, muitas complicações surgem, principalmente nos rins.

Numerosos estudos têm mostrado que o sono inadequada leva a um aumento da obstrução das artérias (aterosclerose) e a pressão arterial alta, que elevada a probabilidade para o desenvolvimento de doenças renais.

7. Tomar frequentemente analgésicos

Muita gente usa analgésicos e medicamentos  para tratar a dor, reduzir a inflamação e curar vários problemas de saúde.

No entanto, essas drogas danificam os rins e outros órgãos do corpo.

Se você não sabe, os analgésicos podem reduzir o fluxo de sangue para os rins e obstruir a sua função.

Assim, o uso a longo prazo destas drogas pode causar doenças renais crônicas, como a insuficiência renal aguda.

8. Consumir muita cafeína

Excesso de cafeína aumenta a pressão sanguínea e a pressão sobre os rins, provocando problemas renais.

O consumo exagerado de cafeína está diretamente ligado a cálculos renais.

Ressalte-se, porém, que o consumo moderado de café ou chá (com cafeína) não é prejudicial.

Mas você deve evitar a ingestão de bebidas energéticas e refrigerantes com essa substância.

9. Abusar de bebidas alcoólicas

Estas bebidas levam toxinas para os rins e fígado, em excesso, causam danos renais.

Se você costuma beber  muito álcool, saiba que o ácido úrico é armazenado nos túbulos renais, conduzindo à obstrução tubular que eleva o risco de insuficiência renal.

Além disso, o álcool desidrata o corpo e, assim, prejudica a atividade normal dos rins.

10. Menosprezar o tratamento de infecções comuns

Danos nos rins também podem ser o resultado de  negligência.

Se você está com tosse, resfriados, gripe, amigdalite e faringite, então deve procurar se tratar.

O desleixo por uma infecção não tratada pode causar danos nos rins.

Então cuide do seu corpo: fortaleça a imunidade com antibióticos naturais e procure consultar-se com um bom médico.




Fonte: Cura pela Natureza

Anúncios