Afinal é que é e o que faz o Farmacêutico Clínico?
Para isso temos que ler e entender a proposta da Resolução 585 de agosto de 2013.
Também devemos mudar nossos paradigmas!
Paradigmas: é a representação de um padrão a ser seguido. É um pressuposto filosófico, matriz, ou seja, uma teoria, um conhecimento que origina o estudo de um campo científico; uma realização científica com métodos e valores que são concebidos como modelo; uma referência inicial como base de modelo para estudos e pesquisas.
Devemos diferenciar o trabalho e ação do Farmacêutico Dispensador do Farmacêutico Clínico.
Farmacêutico clínico é segurança do paciente. As atribuições clínicas do farmacêutico visam à promoção, proteção e recuperação da saúde. Segundo a proposta, são atribuições clínicas do farmacêutico estabelecer e conduzir uma relação de cuidado centrada no paciente, segundo preceitos profissionais e bioéticos, e participar da avaliação da farmacoterapia.
Ele deve contribuir para que o paciente utilize os medicamentos nas doses, vias de administração e duração adequadas e de forma segura, pois assim ele terá condições de realizar o tratamento conforme recomendado pela equipe de saúde.
Neste ano o blog farmacêutico rt com parceria com o canal de vídeos Papo de Farmacêutico fez 2 entrevistas com colegas farmacêuticos do interior do Paraná que já atuam na farmácia clínica.
Se ainda não assistiu assista:
——————
Acesse meus perfis sociais:



Fonte: Alex Sandro Alves autor do Blog

Anúncios