nivolumabe-opdivo

Pacientes com câncer renal ganharam uma nova opção de tratamento com a aprovação de nova indicação terapêutica para o produto biológico Opdivo® (nivolumabe), pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

O deferimento foi publicado no Diário Oficial da União da última segunda-feira (12/12) ( http://pesquisa.in.gov.br/imprensa/jsp/visualiza/index.jsp?data=22/04/2015&jornal=1&pagina=46&totalArquivos=80 ).

A partir da publicação, o Opdivo® também passa a ser indicado para o tratamento de carcinoma de células renais avançado após terapia prévia anti-angiogênica.

A droga já estava aprovada para as seguintes indicações terapêuticas:

-monoterapia para o tratamento de melanoma avançado (irressecável ou metastático);

-tratamento de câncer de pulmão de células não pequenas (NSCLC) localmente avançado ou metastático com progressão após quimioterapia à base de platina. Pacientes com mutação EGFR ou ALK devem ter progredido após tratamento com anti-EGFR e anti-ALK antes de receber Opdivo®.

O nivolumabe é um anticorpo monoclonal de imunoglobulina G4 (IgG4) totalmente humano que se liga ao receptor de morte programada 1 (PD-1) e bloqueia sua interação com PD-L1 e PD-L2. Opdivo® potencializa as respostas das células T, incluindo respostas antitumorais, por meio do bloqueio da ligação de PD-1 aos ligantes PD-L1 e PD-L2.




Fonte: Anvisa

Anúncios