Artigo por Francicleber Medeiros de Souza

Este artigo aborda sobre as atividades do auxiliar de farmácia

Quem está na ponta hoje, atuando em Farmácias, sabe a dura realidade em que vive a profissão Farmacêutica e a inversão de valores, tanto em se tratando do modelo de atenção à saúde versus o modelo capitalista/mercadológico quanto à desvalorização do farmacêutico em detrimento ao vendedor (balconista).

Este último eu queria destacar, pois, atualmente, enquanto o farmacêutico a cada dia detém sobre si cada vez mais responsabilidades e exigências de cumprimento de deveres, legislações e cuidado para evitar erros de administração, de expiração de validade, de garantir o uso racional de medicamentos na dispensação, os vendedores não tem nenhuma ou pouco tem responsabilidade diante de tudo isso, e por também não ter sua atividade profissional regulamentada com código de ética/condutas e submetido também as normas sanitárias.

Estes têm sido programados para vender a qualquer custo, e vem, inclusive, sendo remunerado melhor do que o farmacêutico, pois as farmácias hoje trabalham com comissões de vendas – que deveria ser proibido -, com isso, os empresários valorizam mais os vendedores (balconistas) do que os farmacêuticos, pois são eles que dão lucro aos estabelecimentos e não os farmacêuticos.

Se um vendedor indica, sem respeitar a intercambialidade, eles são beneficiados com comissão de vendas e até viagens por metas de vendas a serem cumpridas. Essa infração sanitária é responsabilizada ao farmacêutico, que se ele for reclamar é passível até de perde o emprego, pois os similares dão maior lucro que os de referência e até alguns genéricos. Isso está errado. Todo mundo sabe disso, as autoridades não se importam e nem Vigilâncias Sanitárias fiscalizam isso.

Sou favorável e defendo a regulamentação da profissão de Balconistas que hoje se enquadram como Vendedores ou Auxiliar de Vendas, para que passe a ser Auxiliar de Farmácia ou do Farmacêutico com a exigência de um curso técnico de Farmácia (não graduado), ministrado por Farmacêuticos habilitados e registrados em um CRF, que tenham um currículo mínimo de conteúdos e carga horária definida pelo CFF em uma instituição que tenha certificação reconhecida pelo MEC.

Apenas os Auxiliares de Farmácia ou do Farmacêutico com esta formação poderiam requerer inscrição nos CRF´s para atuarem nesta função, com proibição de Anotação de Responsabilidade Técnica, serem submetidos ao Código de Ética Farmacêutico e às legislações e sanções sanitárias. Seu exercício profissional ficaria sob Supervisão e Responsabilidade Técnica dos Farmacêuticos do Estabelecimento.

Desta forma, os mesmos poderiam se organizar sindicalmente, passariam a ter salários regulamentados e acaba com as comissões e metas de vendas.

Esta iniciativa também valoriza mais a profissão farmacêutica, pois hoje, os balconistas estão sendo mais valorizados e até ganham mais do que o farmacêutico RT, além disso, vai abrir mais oportunidades de trabalho no magistério para Farmacêuticos lecionarem em cursos técnicos.

Com o PRONATEC do Governo Federal, a abertura de novos cursos técnicos em instituições públicas e privadas em todo país iria expandir mais campos de trabalho, gerando mais emprego e renda aos farmacêuticos, bem como, promovendo maior qualificação de profissionais e do exercício profissional nas Farmácias, que passarão a serem Estabelecimentos de Saúde.

A regulamentação se estenderia para Farmácias Públicas e Privadas, Comunitárias e Hospitalares, com ou sem Manipulação. Os Balconistas e Auxiliares de Farmácia que estão hoje no mercado teriam um prazo máximo para se adequarem.

ESTA APRESENTAÇÃO REFLETE A OPINIÃO PESSOAL DO AUTOR SOBRE O TEMA, PODENDO NÃO REFLETIR A POSIÇÃO OFICIAL DO PORTAL EDUCAÇÃO.

COLUNISTA

Francicleber Medeiros de Souza

Farmacêutico Excelsior e Sanitarista, Especialista em Saúde Pública, em Saúde da Família, em Gestão da Saúde, em Gestão Pública Municipal e em Educação, Mestre em Ciências da Educação. Associado na Sociedade Brasileira de Farmácia Comunitária.

Fonte: Portal Educação

Anúncios