Blog Farmacêutico Responsável Técnico

do Farmacêutico: Alex Sandro Alves – CRF-PR: 20 667

Notícias & Novidades

Afinal por que o álcool 70% é mais eficaz como bactericida que o álcool absoluto?

 

Na área da saúde, “álcool” refere-se a dois compostos químicos solúveis em água – álcool etílico (etanol) e álcool isopropílico – que têm características germicidas em função de suas concentrações.

Recordo quando estava na graduação e aconselhei meu pai a comprar álcool (etanol) 70%, pois seu uso seria mais eficiente na desinfecção do que o álcool 99,6% (absoluto). Em contrapartida ao conselho, veio uma pergunta: “Mas se ele é menos concentrado, por que é mais eficiente?”. A razão por trás disso é o modo de ação do álcool 70%.

O álcool 70% possui concentração ótima para o efeito bactericida, porque a desnaturação das proteínas do microrganismo faz-se mais eficientemente na presença da água, pois esta facilita a entrada do álcool para dentro da bactéria e também retarda a volatilização do álcool, permitindo maior tempo de contato. Nessa concentração o etanol destrói bactérias vegetativas, porém esporos bacterianos podem ser resistentes. Fungos e Vírus (envelopados, como o vírus Influenza H1N1) também são destruídos pelo álcool (leia mais aqui).

humberto_maio

Na verdade, a ciência sabe que o álcool interrompe muitas funções essenciais à bactéria, embora não estejam muito claras quais destas interrupções podem levar à morte celular.

Prováveis efeitos:

Em primeiro lugar, o álcool destrói a membrana celular externa por desidratação, afinal o álcool é higroscópico e hidrofílico. Em segundo lugar, as moléculas de álcool penetram no citoplasma e, como resultado, precipitam as proteínas devido à desnaturação. Em terceiro lugar, coagulação de enzimas responsáveis por atividades celulares essenciais.

Quando se utiliza o álcool (etanol) 99,6% para desinfecção, ocorre uma coagulação extremamente rápida, não havendo penetração no interior da célula e, portanto, não matando o micróbio. Essa atuação ineficaz ocorre devida à rápida volatilização do etanol nessa concentração.

E por que 70%?

O grau de hidratação é um fator importante para a atividade antimicrobiana. Mas como chegaram à conclusão de que a concentração 70% é melhor do que em 50%, 60% ou 80%, por exemplo? Muitas pesquisas foram conduzidas, e podemos citar algumas em que observaram a atividade antimicrobiana do álcool em grau inferior a 50% e superior a 70%1,2,3,4 , concluindo que essa atividade decresce acentuadamente nos dois extremos. Portanto uma boa atividade germicida ocorre entre 50 a 70%, sendo a máxima em 70% de diluição.

REFERÊNCIAS

1 – Rochon-Edouard S, Pons JL, Veber B, Larkin M, Vassal S, Lemeland JF. Comparative in vitro and in vivo study of nine alcohol-based handrubs. Am J Infect Control 2004; 32: 200-4.

2 – Kampf G, Kramer A. Epidemiologic background of hand hygiene and evaluation of the most important agents for scrubs and rubs. Clin Microbiol Rev 2004; 17(4): 863-93.

3 – Rotter ML, Koller W, Neumann R. The influence of cosmetic additives on the acceptability of alcohol-based hand disinfectants. J Hosp Infect 1991;18 (Suppl B):57-63.

4 – Lawrence C. Testing alcohol wipes. Nurs Times 1992; 88:63-6.

Humberto Vinícius Faria da Cunha

Médico Veterinário formado pela Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP) – Campus Bandeirantes Pr (2009). Especialização em Ciência Avícola pela Universidade Paranaense (UNIPAR) – Campus Umuarama PR (2011); Atual Mestrando em Ciência e Tecnologia de Alimentos pela Universidade Estadual de Londrina (UEL). Com experiência em inspeção de produtos de origem animal (IPOA), tendo estagiado no SIF (Serviço de Inspeção Federal) em laticínios e matadouros – frigoríficos de bovinos, equinos, suínos, frangos e perus. Atuou aproximadamente por 04 anos (2011 a 2015) como SUPERVISOR DO SIF, através de convênio, no abatedouro – frigorífico de frangos BIG FRANGO – atual Grupo JBS. Era responsável pelo treinamento da equipe, verificação oficial dos PACs (Programas de AutoControle) como BPFs, HACCP, PPHO, PSO, bem estar animal, etc; bem como pelo monitoramento da inspeção ante e post mortem das aves. Também emitia certificados sanitários internacionais (CSI) para União Européia, China, Rússia, Canadá e Lista Geral. Administra uma página do Facebook chamada SEGURANÇA DE ALIMENTOS, onde atualmente conta com mais de 60.000 (sessenta mil) seguidores. Em 2015 realizou uma viagem humanitária para a Jordânia (Oriente Médio) onde uma equipe de médicos, dentistas e outros profissionais da área de saúde conduziu ajuda aos refugiados cristãos sírios e iraquianos. Contato: betomedicinaveterinaria@gmail.com

Respeite o direito autoral e sempre referencie a fonte com hiperlink. Leia mais em: http://foodsafetybrazil.org/afinalpor-que-o-alcool-70-e-mais-eficaz-como-bactericida-que-o-alcool-absoluto/#ixzz49bwvJN5D

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: