Por: Alex Sandro Alves para o Blog Farmacêutico RT

 

 

“Só sei que nada sei” . Sócrates

 

“O ignorante afirma, o sábio duvida, o sensato reflete”. Aristóteles

“Nossas dúvidas são traidoras e nos fazem perder o que, com frequência, poderíamos ganhar, por simples medo de arriscar”.William Shakespeare

Muitas personalidades ilustres da humanidade transcorreram sobre a dúvida. Não estou aqui na pretensão literal de reinventar a roda ( risos…). Mas na qualidade de seres humanos e profissionais da saúde acessíveis na qual gozam de muita confiança por parte da população mundial, saber lidar com a dúvida tornando-a nossa aliada e sem medo de parecermos inaptos ou envergonhados por não sabermos tudo (uma verdadeira enciclopédia ambulante) mas na verdade apresentarmos resultados confiáveis, lógicos, éticos e portanto, baseados em evidências científicas, fugindo do achismo e empirismo, mesmo tendo que dizer: -Aguarde, vou pesquisar e já lhe dou a resposta!

A dúvida, segundo os dicionários, “é a incerteza quanto à realidade de um fato ou à realização de um desejo”. Se não existisse a incerteza, a permissividade daria sinal verde à liberdade irresponsável e inconsequente. Sem a dúvida, o indivíduo estaria à mercê de suas próprias imperfeições como num sórdido jogo de trapaças e enganos.

Certa vez, em um programa de humor conhecido no Brasil como Chaves, Professor Guirafales disse que somente os idiotas tem certeza de tudo… De fato, o orgulho, soberba ou preguiça faz que ora ou outra caiamos nestes pecados capitais… Embora a Filosofia diga que a verdade é relativa e o Cristianismo pregue quase que com requintes de dogma que a verdade vos libertará, ela está lá fora e ninguém possui os direitos exclusivos sobre ela.

No dia a dia,notamos que a comodidade fala mais alto e é muito frustrante descobrir que aquilo que sabíamos por estudo formal, transferência cultural ou até mesmo inconsciente coletivo deve ser abandonado, descartado. Rever conceitos, esquecer e reaprender muito mais que uma mudança de paradigmas é um pesadelo nas qual muitos tentam desesperadamente e em vão fugir!

Creio que enfrentar nossos medos e neste caso assumir e render-se ao sentimento da dúvida, intende-lo e assim supera-lo é a atitude mais inteligente, caso contrario, será um fantasma que nos acompanhará pelo resto da existência.

Humildade para assumir que o que sabe pode estar incompleto ou ultrapassado e paciência para pesquisar e reaprender, e assim repassar para seus clientes uma resposta confiável é o caminho que devemos trilhar.

Fica a dica e até o próximo post!

foto 3x4 alex pequena

Alex Sandro Alves

 

 

Anúncios