Muitas mulheres não sabem, mas existem várias substâncias (remédios, medicamentos, chás entre outros) e situações (vômito, diarreia e outros situações médicas) que podem interferir com a eficácia dos anticoncepcionais a ponto da mulher correr o risco de engravidar.

Dentre os remédios e medicamentos, os antibióticos sempre foram os grandes vilões, porém estudos recentes feitos por universidades americanas tem demostrado de forma cientificamente comprovada que a maioria do que se sabia (ou achávamos que sabíamos) sobre os efeitos dos antibióticos na interação com os anticoncepcionais hormonais estava errado, então devemos aqui colocar que os antibióticos (quase todos) não cortam o efeito do anticoncepcional.

Outros medicamentos que podem cortar o efeito dos anticoncepcionais são: antiepiléticos, anticonvulsivantes, antifúngicos, diuréticos e antirretrovirais. além dos remédios de farmácia alguns tipos de chás como a Erva de São João e alguns tipos de chás diuréticos quando tomados no mesmo horário de tomar a pílula podem cortar o efeito do anticoncepcional.

Que situações podem cortar o efeito do anticoncepcional?

Algumas situações também podem cortar o efeito do anticoncepcional: como esquecer a pílula, fazer uma pausa da cartela maior que o normal, vomitar logo após tomar a pílula, diarreia logo após tomar a pílula.

Precisei tomar outro remédio e tomo anticoncepcional, devo parar a cartela do anticoncepcional?

Nunca! (a não ser que seu médico mandou parar), jamais para de tomar a cartela, porque aí sim você estará correndo risco de engravidar, somente pare de tomar se está for uma ordem expressa do seu médico.

Qual é o efeito dos remédios sobre a eficácia dos anticoncepcionais?

Amitriptilina

Amoxicilina

Antibióticos

Anti-inflamatórios

Azitromicina

Bactrim

Carbamazepina

Cefalexina

Ciprofloxacino

Domperidona

Doxiciclina

Fluoxetina

Ivermectina

Meloxicam

Metotrexato

Nimesulida

Norfloxacino

Nitrofurantoína

Omeprazol

Orlistat

Paracetamol

Pílula do Dia Seguinte

Sibutramina

Sulfametoxazol-Trimetoprim

Vibramicina

Voltaren

Xenical

O que corta o efeito do anticoncepcional?

Situação de certeza em relação ao efeito negativo sobre a eficácia da pílula.

  •  Alguns antibióticos
  • Amoxicilina
  • Carbamazepina
  • Cefalexina
  • Doxiciclina
  • Vibramicina
  • Vômito logo depois de tomar a pílula
  • Esquecer de tomar 2 ou mais pílulas da mesma cartela.

O que “pode” cortar o efeito do anticoncepcional?

Situação discutível ou sem certeza do efeito negativo sobre a eficácia da pílula anticoncepcional.

  • Ciprofloxacino
  • Norfloxacino
  • Levofloxacino
  • Xenical (orlistat)
  • Vômitos até 4 horas após tomar a pílula
  • Diarreia até 4 horas após tomar a pílula
  • Esquecer (atrasar) por mais de 12 horas o horário de tomar a pílula
  • Esquecer de tomar 1 pílula da cartela;
  • Não iniciar uma nova cartela no dia certo – pausa maior que o normal;

O que não corta o efeito do anticoncepcional?

Situação de certeza de que os efeitos sobre a eficácia da pílula anticoncepcional não causam redução na sua eficácia na maioria das mulheres.

  • Amitriptilina
  • Anti-inflamatório
  • Azitromicina
  • Bactrim
  • Domperidona
  • Fluoxetina
  • Ivermectina
  • Meloxicam
  • Metotrexato
  • Nimesulida
  • Nitrofurantoína
  • Omeprazol
  • Paracetamol
  • Pílula do Dia Seguinte
  • Sibutramina
  • Voltaren
  • Esquecer (atrasar) por menos de 12 horas o horário de tomar a pílula
  • Vômito ou diarreia depois de 4 horas de ter tomado a pílula.



Fonte: link saudavel

 

Anúncios